Tutora aproveita soneca de seu cachorro para criar ensaio fotográfico mágico

Nós só podemos imaginar o que se passa na cabeça de nossos cães quando eles estão dormindo, o que na maioria dos casos, representa grande parte do dia.

A tutora Sara Rehnmark aproveita as sonecas de seu cão Rufus para criar cenários fantásticos e imaginar aventuras incríveis que ele estaria vivendo em seus sonhos.

Rufus, da raça Pharaoh hound, aparece deitado tranquilo e longe em seu mundo inconsciente. A nós, o que resta é mergulhar nas propostas divertidas e engraçadas.

Foto: Sara Rehnmark

Foto: Sara Rehnmark

Foto: Sara Rehnmark

Foto: Sara Rehnmark

Para acompanhar esse projeto mais que bacana, acesse raisingtheruf. Claro que não deixaríamos de apresentar Rufus acordado. Belíssimo.

http://www.raisingtheruf.com/

Núcleo Vet

Bolhinhas!

O Vídeo a seguir vai fazer você sentir a necessidade de Bolhas urgentemente! =D

Em vários pet shops você encontra bolhas de Sabão especiais para Gatos e Cães! Aproveite! =)

Bom final de Semana

Núcleo Vet

O serviço de pet sitter é uma boa opção?

Com a chegada do período de férias, surge aquela dúvida: o que fazer com nosso pet enquanto viajamos? Apesar de algumas vezes levar o animal de estimação junto com a família pareça ser uma boa ideia, em algumas ocasiões fica realmente difícil que o bichinho nos acompanhe, afinal questões como o tempo da viagem, local em que ficarão e como o pet poderá ser acomodado devem ser levadas em conta.

CACHORRO-CHÃO

Mesmo havendo diversos hotéis que prometem cuidar de nossos animais, alguns donos acabam optando pela contratação de um (a) pet sitter, alguém que se compromete a ir até sua casa diariamente cuidar do animal ou que fique com ele em sua própria residência, mas será que essa é a decisão certa a se tomar?

Certamente, no ambiente em que já conhece, o cão ou gato se sente bem mais a vontade do que num local novo e diferente, especialmente se neste lugar tiver outros animais que ele não conhece, além de pessoas estranhas ao seu convívio, mas para escolher um bom cuidador – que realmente irá cumprir o que combinaram -, é preciso alguns cuidados como:

  • Busque referências sobre o profissional com outros clientes
  • Peça indicações no pet shop ou clínica veterinária de sua confiança
  • Observe como a pessoa lida com o animal na sua frente
  • Veja como o pet reage à presença da pessoa em sua casa
  • Faça uma espécie de entrevista para saber como a pessoa está preparada para agir em diferentes situações
  • Não faça todo o pagamento de uma vez só, antes de partir
  • Combine os horários que deseja que o animal seja alimentado, escovado ou saia para passear
  • Peça para que a pessoa envie fotos e vídeos de seu animal diariamente
  • Solicite a ajuda de um parente ou amigo parar checar se tudo está como esperado
  • Deixe telefones de emergência em mais de um lugar de sua casa
  • Avise o médico veterinário de sua confiança sobre sua ausência
  • Deixe a quantidade necessária de ração para seu animal e instrua a pessoa sobre como distribuir suas refeições
  • Peça cuidado redobrado caso o animal seja filhote ou idoso
  • Se o animal precisar de cuidados especiais, como a administração de medicamentos, faça uma espécie de tabela como check list a fim de evitar que o remédio não seja dado
  • Deixe um objeto ou uma roupa sua com o animal

Boa escolha e boa viagem!

– Foto: Seasick dog on Scottish Islay Ferry por Oliver Ruhm/ CC BY 2.0