Prevenção do ganho de peso em gatos castrados

Já falamos aqui sobre a importância da castração e seus benefícios à saúde dos felinos. Não é à toa que os médicos veterinários defendem amplamente a cirurgia! O procedimento ajuda a evitar a reprodução desenfreada e, consequentemente, casos de abandono, além de prevenir diversas doenças e deixar os gatos mais tranquilos.

No entanto, gatos castrados podem ganhar peso de forma rápida tornando-se obesos em pouco tempo após a castração se os donos não tomarem medidas em relação à alimentação. mu legend redzen for sale Isso acontece porque a castração consiste na retirada dos órgãos responsáveis pela produção de hormônios. Sem esses hormônios, ocorrem alterações comportamentais e metabólicas que levam a algumas consequências naturais, sendo a predisposição à obesidade uma das mais importantes.

Mas isso não deve, de forma alguma, ser impedimento para a opção de castrar. Basta o proprietário se atentar para a questão e prevenir o ganho de peso com alguns cuidados simples que garantem a saúde e a qualidade de vida dos gatos.

É muito importante adotar um alimento específico para esses animais. Boots Os alimentos para gatos castrados possuem como foco a manutenção do peso ideal e a prevenção de cálculos urinários. São alimentos especiais, denominados “para castrados”, que possuem formulação com quantidade adequada de gordura e calorias, mais fibras, L-carnitina. O ideal é que atendam ao gato por faixa etária, contemplando assim as necessidades de cada fase da vida.

Atenção: não confunda esse tipo de alimento com produtos “light” ou coadjuvantes da obesidade. Os alimentos Light ou Obesidade se destinam a animais que já estão com excesso de peso instalado. Já os para gatos castrados a proposta é evitar o ganho de peso excessivo e ajudar na manutenção da condição corporal.

Além disso, escolha alimentos de categoria Super Premium ou Premium Especial, que contribuem para a saúde completa do bichano castrado, oferecendo controle de formação dos indesejáveis cálculos urinários e prevenção de acúmulo de “bolas de pelo” no trato digestivo. São alimentos com pH balanceado, fontes selecionadas de proteína e fibras de boa qualidade, como a aveia, que ajuda a eliminar as “bolas de pelo” e que ainda podem agregar cuidados para cada faixa de idade. Fique atento para ofertar sempre a quantidade recomendada na embalagem e não “superalimentar” o pet!

Por fim, é muito importante também estimular a atividade física e o gasto de energia, já que os gato castrado torna-se mais sedentário.

9 cuidados especiais para quem tem alergia aos bichanos

Alergia a gatos Uma das maiores tristezas de um dono de gato é descobrir que tem alergia a felinos. oakley fives squared clear frame Mas apesar de se poder pensar, a princípio, que esse diagnóstico significará o fim da sua relação de amor e companheirismo por seu bichinho, é bom que saiba que é possível tomar algumas atitudes capazes de reduzir seu desconforto. Quer saber quais providências são essas? Então é só me seguir! É preciso entender, primeiramente, que a alergia ao gato não é desenvolvida por causa do pelo propriamente dito. O componente alergênico desse animal é encontrado, na verdade, nas secreções e na saliva que ficam depositadas em seu pelo – já que eles têm o costume de se lamber com frequência para manter a higiene. cheapest shop for uggs Não é o pelo, é a saliva! EVITE QUE ELE ENTRE NO SEU QUARTO A primeira regra para que você conviva bem com seu bichano é estabelecer espaços separados para vocês descansarem. Evite permitir que ele frequente seu quarto, já que no seu local de dormir é importante que não haja nenhum tipo de alergênico para não afetar a qualidade do seu sono. Isso pode parecer difícil em um primeiro momento, já que você quer ficar ao lado do seu gatinho o máximo de tempo possível, mas vocês entenderão que é um mal necessário para convergir no seu bem-estar. LAVE SEMPRE AS MÃOS Ter alergia não significa que você não pode brincar com seu bichano, mas é necessário ficar atento a alguns cuidados. Lave sempre – e muito bem – as mãos após as brincadeiras e deixe suas roupas separadas para lavar, evitando, assim, maiores contaminações. Lebron James USE ASPIRADOR DE PÓ NA CASA Como o pelo carrega os compostos alergênicos da saliva e da secreção do gato, é importante que você diminua a presença dele por toda a casa. Quando for realizar a faxina, lembre-se de usar aspirador de pó para sugar qualquer excesso de pelos soltos pela casa. basket nike pas cher LAVE A ROUPA DE CAMA COM ÁGUA QUENTE Eventualmente seu gato vai subir na sua cama sem que você veja – e outras vezes com sua permissão, porque você não vai resistir. nike air max flyknit ultra 2.0 Por isso, lembre-se de lavar sua roupa de cama semanalmente com água quente, para tirar o máximo de vestígios alergênicos do tecido. DEIXE JANELAS ABERTAS PARA O AR CIRCULAR Não adianta nada você tomar todas essas precauções para reduzir o número de pelos acumulados pela casa, se você é daquelas pessoas que vive com as janelas sempre fechadas. ray ban new wayfarer 2013 Tente deixar, sempre que possível, as janelas abertas para que o ar circule com facilidade pelo ambiente, renovando os ambientes. asics shoes sale uk LAVE OS ITENS DO SEU BICHANO Não são só suas roupas e seus lençóis que precisam ser lavadas com frequência para evitar a contaminação, os objetos e brinquedos do seu bichano também devem passar por algumas lavagens. legend zen for sale cheap ugg Lave seus cobertores, suas roupinhas, sua caminha e suas toalhas. penny hardaway EVITE TER TAPETES OU CARPETE EM CASA Os tapetes e carpetes, por acumularem muita poeira e pelos de animais, são os maiores inimigos para um alérgico. Como o tapete e o carpete são de difícil lavagem, é recomendável que você escolha entre eles ou o gato. mu legend power leveling Obviamente você vai optar pela segunda alternativa, então livre-se já dos tapetes! USE PURIFICADORES Outro item que pode ajudar na remoção dos pelos espalhados pela casa são os purificadores de ar, que podem ser encontrados em várias lojas de eletrodomésticos. Esses purificadores são capazes de filtrar até 90% dos alergênicos espalhados pelo ar de sua casa, reduzindo bastante, portanto, sua sensação de mal-estar. ESCOVE O BICHANO FORA DE CASA Você quer escovar o seu bichano para eliminar os excessos de pelos mortos? Faça isso do lado de fora da sua casa! E o motivo é óbvio: quanto mais você o escova dentro de casa, mais pelos alergênicos se espalharão, irritando ainda mais sua alergia. new balance 993 Com essas dicas em mãos você está pronto para viver em harmonia com seu bichano e sua alergia.

6 aplicativos que vão ajudá-lo a cuidar do seu gatinho

O mundo dos smartphones e dos tablets mudou a nossa maneira de conviver com tarefas simples do dia a dia. Graças à criação diária de aplicativos cada vez mais inovadores temos nos tornado dependentes – no bom sentido – da tecnologia. E uma função que está crescendo bastante no mundo da tecnologia são os aplicativos que nos ajudam a cuidar dos nossos bichinhos de estimação. legend zen for sale Dentre as várias ofertas, gratuitas e pagas, encontradas nas webstores, escolhi algumas bem úteis para ajudá-los a cuidarem de seus gatinhos. Confiram! PET MANAGER Às vezes fica difícil lembrar de todos os procedimentos médicos pelos quais nosso gatinho já passou, não é mesmo? Seria muito mais fácil se ele tivesse um prontuário que pudéssemos carregar por aí. Pois esse aplicativo nos proporciona exatamente isso: ele cria uma ficha completa com todas as informações que você julgar necessárias a respeito do seu bichano — fotos, raça, altura, peso, vacinas tomadas, histórico médico e muito mais! O aplicativo é pago para a plataforma iOS e gratuito para Android. MY PETS O aplicativo MyPets é muito parecido com o Pet Manager, já que seu objetivo também é organizar informações úteis sobre o seu bichano. A diferença é que esse aplicativo pode ser encontrado em português, o que facilita sua navegação, por não ter que se preocupar com os termos em inglês. Ele é gratuito para usuários de iOS. MEU AMIGO GATO O comportamento dos gatos pode ser um mistério para seus donos e para muitos especialistas do mundo animal. Esse aplicativo pretende facilitar a compreensão do comportamento de cerca de 50 raças de bichanos, mostrando os cuidados e hábitos de cada raça. Esse tipo de informação o ajudará a cuidar melhor do seu bichinho ou servirá, até mesmo, para ajudá-lo a escolher qual vai comprar ou adotar. Pode ser adquirido gratuitamente pela plataforma Android. PET FIRST AID Quando seu gatinho apresenta algum sintoma clínico preocupante ou quando se machuca, aposto que você fica preocupado em tentar descobrir o que fazer e para onde levá-lo, não é mesmo? Esse aplicativo, que é pago para a plataforma iOS, é uma grande enciclopédia de conteúdos médicos para cães e gatos, ajudando na realização dos famosos primeiros socorros, antes mesmo de se encaminhar ao veterinário. O Pet First Aid é rico em vídeos, artigos e fotos sobre temas que vão desde o barulho da respiração do seu bichano até qual tipo de alimento ele não pode comer. mu legend zen for sale TRADUTOR HUMANO-GATO E se seu gatinho pudesse entender tudo o que você quer dizer a ele? Esse aplicativo, disponível na plataforma Android em versão paga, traduz sua fala para a linguagem de miado. Não é genial? De acordo com o produtor do aplicativo, o software é capaz de compreender todos os idiomas humanos e transformá-los em uma linguagem plenamente compreensível para seu gato. mu legend zen PET ACOUSTICS Animais também gostam de música, sabia? Esse aplicativo promete reproduzir músicas criadas especialmente para seu bichinho de estimação. No caso específico dos gatos, é possível encontrar canções para momentos de relaxamento e de descontração. Curioso, não? Ele se encontra disponível na plataforma iOS mediante pagamento. Graças ao avanço da tecnologia, hoje é cada vez mais possível se sentir próximo de seu bichano, já que a comunicação e o cuidado que você tem com ele é facilitado por esses aplicativos extremamente inovadores e criativos.

Queimaduras nos Coxins – Almofadinhas das Patas

Você já andou descalço no asfalto quente nos dias de verão? Viu o que acontece? Pois é, com o seu cão pode acontecer a mesma coisa.

O clima quente representa muitos perigos para os cães. A maioria dos proprietários sabe que os cães podem sofrer insolação, ter hipertermia e queimaduras solares, mas muitos ignoram as queimaduras nas “almofadinhas” das patas. Um simples passeio no parque ou mesmo nas calçadas pode causar sérios ferimentos e queimaduras nas almofadas das patas (coxins).

O pior é que os ferimentos de uma almofada da pata de um cão são difíceis de tratar. Cortes, queimaduras, descolamento da pele dos coxins, bolhas e feridas são propensos a infecções e a cicatrização é lenta devido à constante pressão colocada na pata quando o cão anda ou simplesmente fica em pé.

COMO PREVENIR ISSO?

– O primeiro passo é ter bom senso na escolha do horário e local de passeio e NUNCA levar o seu cão para acompanhar um passeio de bicicleta ou mesmo uma corrida longa.

– Passear com o cão no início da manhã ou à noite e evitar calçamentos e asfaltos ou mesmo areia quente da praia.

– Passear com o cão na grama. Nesse caso, a escolha de parques pode ser uma boa opção.

– Faça caminhadas frequentes com o cão em pisos mais áspero (mas nunca quente). Isso ajudará a endurecer as almofadas das patas de um cão, promovendo a formação de uma pele mais grossa e menos sensível a queimaduras e abrasão. Os cães que andam somente em piso liso e macio (apartamento e tapetes) terão almofadinhas mais sensíveis e finas, exigindo cortes de unhas frequentes.

– Hidratar as patas do cão com hidratantes caninos evita rachaduras e descamação que podem causar lesões e dor.

SINTOMAS DE LESÕES NOS COXINS (ALMOFADINHAS):

– Dor local, levando a mancar, principalmente em passeios e pisos mais ásperos.

– Evitar de colocar as patas no chão

– Lamber constantemente as patas.

– Evitar que toquemos nas patinhas.

– Sangramento local.

– Presença de bolhas, descolamento da pele dos coxins e MUITA DOR LOCAL.

TRATAMENTO:

Queimaduras e cortes na almofada da pata são muito propensos à infecção e causam muita dor. Para o tratamento, é necessário realizar uma limpeza profunda, o uso de pomadas no local e bandagem, além do uso do colar protetor para que o animal não arranque o curativo e/ou lamba a ferida. Analgésico e antibióticos orais também devem ser usados.

Adotar ou comprar um cão: qual a melhor escolha?

Quem consegue viver sem um amigo peludo? Quem já teve um cachorrinho de estimação sabe muito bem como é bom chegar em casa e ser recebido com um rabinho abanando e muita alegria. É por isso que você está pensando em ter um cachorrinho em casa? É comum quem está nessa fase, de se programar para ter um novo integrante na família, ficar na dúvida se deve adotar ou comprar um cão. Você já pensou nisso?

Eles precisam de você

cao abandonado na ruaSe você sair na rua certamente verá algum cão abandonado. Muitas pessoas se empolgam, compram um cão enquanto filhote e se esquecem que eles crescem e vivem mais de dez anos.

O cão acaba ocupando mais espaço, come mais, gera mais gastos. O tutor nota que não está preparada para dar todo o amor que ele precisa e acaba o abandonando.

Isso é um grande problema de saúde pública. Esses cães acabam rasgando lixo em busca de alimento e, consequentemente, acabam fazendo sujeira. Além disso, entram no cio, se reproduzem pelas ruas e aumentam o número de cães abandonados.

Como estão abandonados à própria sorte, acabam não recebendo nenhum cuidado, ou seja, não são vacinados, não são vermifugados, adoecem, sofrem e se tornam um problema.

Como muitos adoecem e acabam atropelados, algumas instituições se comovem e os adotam. Há várias ONGs de proteção animal, mas mesmo com empenho e força de vontade dos voluntários, elas acabam não dando conta do número de animais abandonados. A maioria delas já está superlotada, sem espaço para recolher mais nenhum animal e por isso precisam de alguém que adote. Pode ser você?


Com a adoção você está ajudando toda a sociedade

adotar é um ato de amorComo falamos, os cães abandonados acabam se tornando um problema social, e é por isso que quando a pessoa resolve ter um peludo em casa, deve considerar com carinho a possibilidade de adoção. Se você adotar ao invés de comprar estará ajudando a tirar um cãozinho das ruas, diminuir o seu sofrimento e a liberar espaço nas ONGs para que eles possam continuar com seu trabalho e recolher novos cães. Viu como com apenas uma ação você estará colaborando com todos de várias formas?

Em troca, ganhará um amigo fiel e eternamente grato pelo seu gesto, que passará longos e belos anos ao seu lado, sempre com um rabinho abanando. Por isso, a dica é fazer um bem maior ao ter um pet de estimação. Ao invés de comprar, adote!

Para ter a certeza de que está preparado para cuidar do peludo por mais de dez anos, avalie bem as suas condições financeiras, o espaço que você tem dentro da sua casa ou apartamento e o temperamento do cão que mais se adéqua às suas condições. Depois disso, é só adotar!

Núcleo Vet